Logística na saúde: um novo olhar em 2020

Data: 20/12/2019

Estamos prestes a entrar em uma nova década e com ele um grande movimento em torno do 2020. Um futuro promissor para a logística na saúde.

 

Veremos o desenvolvimento ainda maior dos recursos de automação alinhado às necessidades do paciente 4.0 e que promoverão mais eficiência em processos que permeiam todos as etapas do atendimento da saúde.

 

Também serão favorecidas as aplicações regulamentações importantes inseridas na qualidade e segurança da prestação de serviços, como a Lei da rastreabilidade e que tem tido como algumas de suas “justificativas” de serem colocadas em prática, a dificuldade de estruturação de tecnologias.

 

Será sem dúvida uma década de grande aceleração nos processos de automação e que irão necessitar de qualificação humana para sua implementação, gestão e operacionalização. Ou seja, novos mercados de trabalho também em expansão.

 

Por traz da automação em logística na saúde

 

Para tangibilizar um pouco os benefícios das inovações tecnológicas aplicadas de forma racional e customizada para os perfis de operação de cada instituição, vale listar:

 

– Implementação de processo de rastreamento lincado com serialização de medicamentos e insumos médicos, garantindo o cruzamento de informações destes com as vias de prescrição e administração ao paciente.

 

– Controle de acesso aos produtos por funcionários e segurança de consumo pelo paciente, com devido mapeamento de possíveis estornos de prescrição para logística reversa.

 

– Menos desperdício, menor risco de desvio, aumento da economicidade.

 

Feliz 2020. Nos vemos na nova década.

 

Sobre o autor

Domingos Fonseca, Presidente da UniHealth Logística Hospitalar

 

Fonte: Saúde Business

Endereço: Tv. São Pedro, 566 - Belém - PA, 66023-570 

Telefone: (91) 3224-1819 // (91) 3224-8606